quarta-feira, 22 de outubro de 2008

Imagens e Globalizações(IV)



Esta foto foi tirada em Goa,Índia,em 2003.Para mim reflecte vários níveis de compreensão e vários processos relacionados com a "globalização".Há um primeiro nível que percebemos que se trata de publicidade a um produto introduzido por uma diferente cultura num processo comercial de fluxo de bens que introduz uma nova necessidade de consumo de um produto que na verdade é contracultura no espaço que está exposto,o álcool.Temos um novo nível, que só pode ser compreendido se soubermos que este estado indiano é um dos que mais atraí turismo (tanto internacional como turismo interno), que nos lembra que possivelmente esta publicidade está aqui para ser consumida por turistas que querem ter acesso aos mesmo produtos que estão associados a férias e divertimento em qualquer sítio onde estejam e que por isso um anúncio de cerveja, num dos únicos estados indianos onde se pode consumir álcool(oficialmente) é um lembrete que estamos num sítio "normalizado".Depois temos um processo de adaptação a um novo elemento cultural, o aproveitamento dos processos publicitários para a manutenção de uma casa que está sujeita a processos de degradação rápidos devido ás monções que torna a publicidade em decoração de casa, e a casa em cartaz publicitário.

Maria Carita

3 comentários:

umme disse...

Mesmo sob o domínio do império britânico, e com a introdução de consumo inglês de bebidas, os indianos não incorporaram o consumo de bebidas na suas acitividades sociais. Nem o acto de beber se tornou um componente ritualizado da religião como em outras culturas. Em 1947 quando a india se tornou indedependente, assistiu-se a um forte movimento contra a distribuição e o consumo de alcool, havendo mesmo em 1951 dois estados que promulgaram a sua abstinência- Bombay e Madras. Mas a partir de 1966 foram havendo modificações legislativas a este respeito, até que em 1976 se acabou definitivamente com a proibição, tanto a nível estatal como federal. E com resultado, a produção de cerveja cresceu enormemente a partir dos anos 80.

UmNome disse...

A proibição seria considerada uma repressão...


Cheers,
UmNome

http://prenda-de-natal.blogspot.com
http://www.umnome.com

maria carita disse...

Parece-me que a questão é um pouco mais complicada, já que as leis referentes ao consumo de álcool recaiem sobre juridição dos estados, e por isso podem haver várias leis em vigor diferentes.E embora o consumo de alcool é realmente visivel na sociedade indiana, ele ainda encontra muitos movimentos de restrição á sua generalização.Não sei qual é a situação neste momento em todos os estados, mas quando estive lá havia restrições em alguns outros estados o que levava a vários grupos de jovens a irem para goa para poderem beber á vontade.Pelo menos nos meados dos anos 90 houve movimentos de legislação em alguns estados que conduziram a algumas restrições,nalguns casos essas foram realmente retiradas posteriormente. Julgo que pelo menos no gudjarat existem algumas restrições ao consumo.Existem varios tipos de restrição,algumas são relativas á idade outras aos impostos taxados. De qualquer maneira esta parece-me que é uma discusão ainda muito viva na índia.Realmente no texto deixei uma generalização para efeito de enfatizar um aspecto do processo da globalização, que é talvez mais complexo do que deixei antever.Devia ter dito que goa é um dos estados onde o consumo de álcool está mais liberalizado. muito obrigado pela correcção.
:)